Emblema   |   Adeptos   |   Casas / Filiais   |   Presidentes   |   Eusébio Cup   |   Corrida António Leitão   |   Torneio Carlos Nobre 


terça-feira, 13 de março de 2018

Sumário Semanal por Tiago Serrano

Chegámos de mais um fim-de-semana com jogos e muitas vitórias para o Sport Lisboa e Benfica. 

No futebol demos um passo que pode ser gigante na nossa caminhada para o Penta, com o deslize do FC Porto em Paços de Ferreira. Porém, o campeonato está longe de ficar decidido. Quanto à nossa equipa, esta teve uma missão muito complicada contra uma equipa que não perdia há 6 jogos e já estava sem sofrer golos há mais de 360 minutos. A equipa orientada por José Mota mostrou-se muito bem organizada, construindo um bloco defensivo que foi muito difícil de transpor. A situação mudou já no decorrer da segunda parte, com a entrada de Raúl Jiménez. A presença de mais um homem na frente de ataque forçou a equipa avense a recuar as linhas e a mobilidade dos nossos atacantes causou mais dificuldades à defesa adversária, acabando por conseguir marcar dois golos nos últimos 20 minutos. Uma vitória suada, mas justíssima.

O fim-de-semana abriu com a derrota copiosa da nossa equipa B por 4-0 contra a Académica, 2º classificado da Liga Ledman Pro e que possui o melhor ataque da prova. A nossa equipa de júniores foi empatar a uma bola em Alcochete contra o rival da 2ª Circular.

No mundo ecléctico, o principal destaque vai para a dupla vitória da nossa equipa de voleibol contra o Sporting de Espinho, carimbando assim o apuramento para a final do play-off pela nona época consecutiva. No total, o Benfica teve uma vantagem em parciais de 9-1, mostrando assim que esta reedição da final da época passada foi mais desequilibrada que o esperado. Destaque para os grandes momentos de forma de Tiago Violas, Mrdak e Fred Winters, três jogadores que não eram habituais titulares mas que se têm exibido em grande nível ultimamente, permitindo a José Jardim uma rotatividade mais pontual de modo a que todos tenham confiança e a que possam ajudar a equipa da melhor forma. O primeiro jogo da final é só daqui a cerca de um mês e restará saber se este período sem competir irá afectar a equipa leonina, que já está fora da Taça de Portugal.

No último sábado começou com a nossa equipa de basquetebol a receber e a vencer o Illiabum. A equipa que esta época já venceu em casa do FC Porto e da Oliveirense entrou muito forte no jogo, com uma defesa bastante agressiva que a nossa equipa teve dificuldades em transpor. Uma desvantagem de 11 pontos levou o treinador José Ricardo a pedir um tempo técnico ainda no primeiro período e a partir daí começou a recuperação. Ao 19-24 do primeiro período, a nossa equipa respondeu estrondosamente com um parcial de 28-10 no segundo período, que conferiu uma vantagem de 13 pontos ao intervalo. Na segunda parte, predominou o equilíbrio, com destaque para os elevados índices de eficácia por parte de ambas as equipas. 104-95 foi o resultado final, que carimbou o nosso 1º lugar da Fase Regular. Os principais destaques foram João Soares, que foi o melhor pontuador com 20 pontos, e Carlos Andrade, autor de um duplo-duplo (13 pontos e 10 ressaltos).

Houve noite europeia para o nosso hóquei em patins. A equipa orientada por Pedro Nunes carimbou a passagem aos quartos-de-final ao derrotar por 6-4 os italianos do Forte del Marmi. Assim, conseguimos sobreviver ao grupo da morte da competição e defrontaremos o FC Porto nos quartos-de-final. As quatro equipas portuguesas estão nos quartos-de-final da prova e o OC Barcelos está pela quarta época consecutiva na Final Four da Taça CERS. Já a nossa equipa feminina obteve uma vitória confortável no reduto do Infante Sagres por 10-0.

No futsal, a nossa equipa masculina fechou o fim-de-semana com uma vitória por 6-3 sobre a complicada equipa do Fundão. Deives, autor de um bis, consolidou a liderança da lista dos melhores marcadores. A nossa equipa feminina defrontou no sábado à noite a equipa sensação deste campeonato, o CR Golpilheira e obteve uma vitória categórica por 6-0.

O Andebol teve um dia diferente, transferindo o seu jogo contra o Arsenal da Devesa para o pavilhão D. Pedro I em Alcobaça, de modo a promover a modalidade naquela região. Num pavilhão cheio, a nossa equipa obteve uma vitória tranquila por 29-20, consolidando assim o 3º lugar na Fase Regular em igualdade pontual com o FC Porto, partindo para a Fase do Apuramento do Campeão com menos 2 pontos que o Sporting CP. Matematicamente, o título é mais do que possível, embora quem acompanhe o campeonato, sabe que observando as equipas que lutam pelo título, as coisas não sejam assim tão lineares...

Um pequeno realce para a nossa equipa de polo aquático feminino, que derrotou o SSCM Paredes por 12-6, permanecendo assim como líder invicto do nosso campeonato.

Vem aí mais um fim-de-semana que promete trazer razões para festejar, visto que estarão dois títulos em disputa. Espero que possamos encher mais o museu Cosme Damião. Carrega Benfica!